Alívio e Descanso

Alívio e Descanso

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. MT 11: 28-30

Jesus oferece alívio aos cansados, aos oprimidos. Alívio é algo sensacional, todas as vezes que recebemos alívio, independentemente do tipo de alívio: em nosso corpo, em nossa alma, em nosso espírito, este sempre nos provoca uma sensação maravilhosa, um conforto onde antes havia o desconforto, uma sensação de descarga onde antes havia grande carga

Todos já sabemos e certamente já experimentamos a sensação deliciosa do alívio, a suavização de algo que vinha sendo penoso. Quem sabe o alívio de uma dor de dente... de uma dor de cabeça, o alivio da retirada de um espinho no pé, ou no dedinho da mão!! Ou quem sabe ainda o alívio de uma dívida perdoada?

É muito bom quando somos instrumentos de alivio. Quando nos dispomos a não só viver os benefícios do alívio, mas leva-lo a outrem. Mesmo nas coisas simples, quando nos deparamos por exemplo com um irmão carregando algum peso andando pela rua e lhe oferecemos carona em meio ao sol escaldante, e diante do calor, o varão entra no seu carro e te agradece, e respira gostoso o ar condicionado, que traz refrigério pro corpo na hora. Alívio..., ou quando colaboramos com a cesta básica da ação social, e assim levamos alívio a um pai de família desesperado.

Fomos chamados pra servir, pra levar alívio ao próximo, e o principal alívio é aquele que leva a pessoa a mudar de vida. Somos convocados a levar as pessoas a esse alívio que somente Jesus pode dar. Porque somente Ele pode trazer paz e descanso para as almas.

É interessante que este texto começa com Jesus prometendo alívio, e depois ele completa oferecendo descanso. Mas qual seria a diferença de alívio para descanso?

Vamos ilustrar com um exemplo: imagina que você está com uma terrível dor de dente, ao chegar no dentista imediatamente ele lhe aplica uma anestesia, e pronto!!! A dor desaparece!!! Mas o dentista vai trabalhar ali, vai mandar broca, espátula, massa e coisas afins.... O descanso só virá no outro dia, quando a boca desinchar e não ficar mais nenhum incomodo, com o dente totalmente restituído.

O alívio de Jesus, começa com primeiros socorros, começa com ele trazendo cura, libertando, mas isso não engloba tudo o que Deus deseja fazer na vida de alguém. É um maravilhoso começo, mas não a obra completa. O alívio de Jesus é experimentado quando a pessoa se achega a Ele. Mas o descanso, aquele que tem dimensão mais profunda do que Deus nos propõe, só se recebe quando a pessoa toma sobre si o Jugo de Jesus.

Jesus pagou um preço alto pra nos trazer alívio... muitas vezes pra levarmos alívio a alguém precisamos pagar preço, precisamos abrir mão de vaidades, precisamos ser submissos, precisamos nos desprender de coisas e situações para podermos ser verdadeiros instrumentos e levar as pessoas a conhecerem o caminho do alívio, o caminho do descanso.

Jesus passou por tortura, por dores e sofrimentos, teve sua carne esmagada e transpassada por seus algozes, e não teve alivio. Ele poderia ter clamado por alívio, mas não clamou!!! Ele guardou esse alívio pra você, e para Ele este alívio só vem quando você o reconhece, quando você entende o preço que foi pago.... Quando você busca e encontra nEle não somente o alivio, mas também o descanso.

O Senhor quer lhe trazer alívio imediato, ele quer tomar de você o jugo pesado e lhe entregar o jugo leve, e te levar ao caminho de descanso!!! Receba o alivio do Senhor, venha deixar o seu fardo sobre o altar e tomar o fardo daquele que se entregou pra que você recebesse alívio.

Google Plus
{{ message }}

{{ 'Comments are closed.' | trans }}