59

A importância de Jesus

Jesus é um nome conhecido em quase todos os lugares. Um nome que para muitos é reconhecido como um personagem histórico importante, por originar uma das maiores religiões do mundo, o Cristianismo.

Para outros é o nome de um importante profeta, nada além disso. Outros associam esse nome a um salvador, capaz de remir seus seguidores do pecado. Mas para você quem é Jesus?

De tantos personagens em destaque na humanidade, qual a importância deste? O que O diferencia de Buda, Maomé, Maria, Paulo, Helen White, Karl Marx ou Alan Kardec.

Para entendermos um pouco desse personagem, precisamos conhecer sua história, que está toda descrita pelas páginas da Bíblia sagrada.

Deus criou o mundo, todas as suas criaturas, e fez o homem sua imagem e semelhança. Já no momento de criar o homem podemos ver a presença de Jesus na santíssima trindade, pois a palavra diz “façamos”.

Sabemos que o homem pecou, que com isso perdeu privilégios importantes, por sua escolha de pecado. Entre o mais importante foi a perda da presença de Deus Pai todo-poderoso.

Pois Deus é santo e não pode conviver com o pecado. Assim a criatura feita imagem e semelhança de Deus, tão amada por seu criador, se apartou dEle.

Deus então prepara o plano de resgate, o plano que tornaria possível novamente a Ele ter contato e intimidade com seus amados filhos, um plano que exigia um sacrifício muito grande. O preço era o sangue de seu primogênito Jesus, que deveria descer a terra se fazer homem e carregar os pecados de todos, e assim como por um homem o pecado entrou no mundo, por um homem também haveria a redenção.

Jesus então aceita por amor, o preço de sofrer em seu corpo o castigo que nós merecíamos. Isaias 53 nos relata isso.

João 1.1;5 revela a identidade Divina de Jesus, que se fez homem para cumprir sua missão.

O objetivo máximo do senhor Jesus é o de nos resgatar do pecado de nos salvar das trevas e através do pagamento com o seu sangue nos libertar da prisão do pecado que tem como condenação à morte espiritual.

E caminhou Jesus por essa terra, dando exemplos de perdão, de amor ao próximo, de humildade, de renúncia. “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” a segunda parte do versículo 10 de João 10, deixa clara a vocação de Cristo, de nos dar a vida eterna, que é a vida abundante. O versículo 11 deste capítulo nos revela a que Jesus estava disposto para nos dar vida: “Eu sou o bom pastor; o bom pastor da sua vida pelas ovelhas.” Jesus sabia que o preço da nossa redenção, o preço por nossa vida lhe custaria dor sofrimento e morte.

Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não for por min.”

O texto de João 14:6 nos revela que Jesus é o único caminho que pode nos levar de volta ao Pai, confirmando o plano de Deus de voltar a se unir conosco através do sacrifício de Jesus.

Não há outro caminho, não adianta nem mesmo o caminho das boas obras, quantos são os que se acham merecedores de um lugar melhor após a morte, por fazerem aqui na terra boas obras, acreditando que unicamente em seus comportamentos está o caminho da salvação. Efésios 2: 1,10 nos esclarece isto. Somos salvos pela graça e por meio da fé, e naturalmente daqueles que estão em baixo desta graça, ligados pela fé, deve fluir boas obras.

Outros acreditam que se seu espírito não for puro o suficiente terão que voltar e reencarnar até alcançarem esse status e merecer o céu, mas a palavra é muito claro em Hebreus 9,27: “uma só morte”. Não existe na bíblia esse termo de reencarnação, depois da morte são apenas dois caminhos conforme Mateus 25.46

Jesus não é somente um personagem na história, Ele é o centro de tudo... Romanos 11:36 nos esclarece sua posição de protagonista. Imagine pois, que toda a história da humanidade fosse resumida em apenas 2 horas de um filme. Imagine quantos segundos desta história os personagens citados no começo teriam de participação; imagine você, qual seria sua participação... talvez ao saber que este filme onde você também é um personagem irá passar no cinema, você convide todos seus amigos para assistir. Quantos segundos você estaria nesta tela, ou quantos segundos os outros “heróis” estariam? Essa história não é sobre eu ou você o verdadeiro protagonista é aquele que era, que é e que há de vir. Nossa participação só terá importância quando revelamos aos outros através da nossa vida quem é o verdadeiro protagonista. Em 200 ou 300 anos provavelmente ninguém saberá quem foi você, mas saberão quem é o Senhor Jesus, pois céus e terras passarão, mas sua palavra não passará.

O mais importante ao conhecermos a Jesus, é estarmos dispostos a receber aquilo que Ele nos oferece. A palavra diz em Romanos 3.23 que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” em Marcos 2.17 Jesus disse que veio pelos doentes.

Romanos 10.9 Nos ensina a fazermos a aliança com Jesus, confessando Ele como único e legítimo salvador, tão simples assim, e estaremos novamente ligados ao nosso Pai.

Jesus é muito diferente de qualquer outro personagem da história, Ele é Deus conosco, é nosso Salvador, nosso Redentor é o protagonista principal da maior história de amor, além de ser o único personagem ressurreto.

Toda esta história de amor foi para que você voltasse ao seu criador, para que você tivesse direito a uma morada celestial, mas você precisa decidir por isso, como ensinado no texto, confesse a Jesus, e receba de graça o dom da vida.

Google Plus
{{ message }}

{{ 'Comments are closed.' | trans }}